11 de mar de 2011

DL2011 - Celtika - O Primeiro Livro de Merlin

Celtika
O Primeiro Livro de Merlin

Selo: Prumo Leia (Ficção)
Autor: Robert Holdstock
Formato: 14x21
Nº de páginas: 472 

Quando Jasão vê a própria mulher matar seus filhos e fugir, Merlin, o jovem e aventureiro mago, está presente. Impotente com relação à magia, não consegue impedir a desgraça do amigo.
Anos mais tarde, Merlin acredita que a alma de seu amigo está presa no fundo de um lago junto a um navio, o famoso Argo, onde muitas pessoas escutam gritos de desespero. Então, resolve usar a magia para resgatar o homem e o navio da desgraça eterna.
Depois de uma visão reveladora, Merlin descobre que Thesokorus e Kinos, os filhos de Jasão, não foram mortos e que tudo não passou de uma grande encenação da feiticeira Medeia. Recrutando homens de diversos clãs pelo caminho para ajudar a conduzir Argo, os famosos argonautas e os dois amigos vão em busca dessas crianças, hoje já crescidas.
Misturando o mito arturiano às lendas gregas, Celtika conta as aventuras e desventuras do jovem Merlin da ilha de Alba até as ilhas rochosas da Grécia, uma jornada repleta de heroísmo e sofrimento, verdade e ilusão.

Você gosta de Mitologia Grega?
E gosta também de Mitologia Celta?
E das lendas Arturianas?
Se respondeu sim a pelo menos duas perguntas, esta é uma série para você ler e se aventurar nas loucas, porém plausíveis, idéias de Robert Holdstock de misturar histórias e lendas. Plausíveis porque o autor demonstra segurança e conhecimento suficientes para invadir sutilmente cada uma das lendas e fazer parecer verossímel esta saga de Merlin
Este é um épico de primeira!!!
A história inicia 700 anos depois de Medeia, num acesso de fúria, ter matado a amante e os filhos de Jasão (com ela mesma). Merlin, nosso herói, é um mago que fez parte do grupo dos Argonautas que viajaram com Jasão em busca do Velo de Ouro (que foi quando ele conheceu Medeia). Nesta época, Merlin era chamado de Antiokus e vivenciou de perto toda a saga dos argonautas e o romance de Jasão e Medeia que culminou com uma tragédia. Depois da tragédia, Jasão sumiu nas águas com a nau Argo, o misterioso navio habitado por espíritos de deuses, e foi trazido de volta por Merlin quando este descobriu que os filhos de Jasão e Medeia estavam vivos.
Medeia forjou a morte de seus filhos e, para afastá-los de Jasão, os escondeu no tempo com a ajuda de Cronos.
E é neste tempo que Merlin traz de volta Argos e Jasão, para partir em busca, primeiro de Thesokorus, o filho mais velho, agora conhecido como Orgentorix, “O Rei dos Assassinos”. A criança cresceu e tornou-se um guerreiro, e guarda rancores do pai (a culpa é da Medeia).
O mais interessante é a historia de Merlin, contada em pequenas partes e cheia de mistérios não revelados. Ele não envelhece, a não ser que utilize muita magia. Ele é como um ser místico solitário que percorre as eras envolvendo-se em sagas históricas. E Medeia é como ele!!! Ele se dá conta ao longo da história que conheceu ela muito antes da viagem à Cólquida no Argos, e que ela pode ser uma amante perdida sua.
Lutas celtas, muita magia, um herói grego, traições, amores e muitos personagens bem construídos formam este primeiro livro da saga de Merlin.
As coincidências não existem e todos os personagens desta história estão interligados por uma teia construída por sabe-se lá quem, mas saídas da imaginação de Holdstock.
Muito bom mesmo! Recomendo!
Assim que terminar o segundo volume, O Graal de Ferro, venho contar para vocês como a saga de Merlin está se desenrolando.

Por um acaso do destino (e pela parceria da Editora Prumo com o Chá) este livro chegou as minhas mãos no mês de março, mês dos épicos do Desafio Literário. E adorei incluir na minha lista de épicos a ler neste mês!!!

7 comentários:

Mi Müller disse...

Ai que vontade que dá!!! Eu respondi SIM para as 3 perguntas, acho que é um bom indício de que vou gostar ;)
Adorei a resenha, vou ver se encaixo mais esta série na já interminável lista de leituras hehehehe
estrelinhas coloridas...

Medéia disse...

Pois é, Mi, eu sou fã de mitologias e o Robert Holdstock conseguiu juntar as melhores numa única saga.

A trilogia está completa, pois o terceiro livro está sendo lançado pela Editora Prumo este mês.

Li Castro disse...

Este desafio é uma quebradeira para o bolso, nossa! rs
Boa dica! Tbm respondi "sim" para as três perguntinhas...

Bjoos

Vivi disse...

É a tua cara! E, claro, deve ser um épico de primeira linha. Amei a resenha!

Bjs

Vivi disse...

Também respondi SIM a todas as perguntas.
Fiquei curiosa pela obra. Parabéns.

Beijocas

Larissa, Lara, Lalá, .... disse...

Eu gosto da mitologia e achei sua resenha muito interessante. Vou anotar na minha lista. Beijos

Kézia Lôbo disse...

O tipo de livro q curto de montão!!! Muito interessante mesmo... fiquei super curiosa!